Farmacologia e os medicamentos.

img

A palavra farmacologia se origina da palavra Pharmakon, do grego que quer dizer droga, fármaco ou medicamento, mais logos que significa estudo. Podemos ainda definir a Farmacologia como o estudo do modo pelo qual a função dos sistemas orgânicos é afetada pelos agentes químicos.

O estudo da farmacologia e o uso racional de medicamentos.

Há uso racional de medicamentos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde - OMS, quando

"pacientes recebem medicamentos apropriados para suas condições clínicas, em doses adequadas às suas necessidades individuais, por um período adequado e ao menor custo para si e para a comunidade".

Como exemplo de uso inapropriado de medicamentos, tem-se: o uso de muitos medicamentos por paciente (polimedicação); o uso inapropriado de antimicrobianos, freqüentemente em posologias inadequadas ou para infecções não-bacterianas; o uso excessivo de injetáveis, quando há disponibilidade de formas farmacêuticas orais mais apropriadas; a prescrição em desacordo com diretrizes clínicas; a automedicação feita de forma inapropriada, freqüentemente com medicamentos vendidos sob prescrição.

Objetivo.

Este área do site tem como objetivo contribuir para fundamentar a tomada de decisões na prática clínica dos profissionais de saúde, mediante a avaliação da eficácia e segurança dos medicamentos disponibilizados no mercado farmacêutico de forma a buscar otimizar benefícios e minimizar riscos e custos.